Vídeo Vaza No Whatsapp Coroa Bebada Transando Com O Caseiro Do Rio De Janeiro

5 min

Categoria:

Tag:

visualizações

5 min

Categoria:

Tag:

Vídeo Vaza No Whatsapp Coroa Bebada Transando Com O Caseiro Do Rio De Janeiro

Vídeo Vaza No Whatsapp Coroa Bebada Transando Com O Caseiro Do Rio De Janeiro

Transamos 1/2 vezes por mes e por mim transaria a cada 3 horas rs…-Ano passado meu marido viajou para visitar a família e eu fiquei porque precisava trabalhar, fiquei em casa todos os dias até que chegou sexta-feira e meus amigos me chamaram pra uma festa da minha faculdade, como ja estava de saco cheio de ficar em casa fui pela primeira vez em muito tempo sai sozinha pra me divertir com meus amigos e a noite foi ótima, mas acabei bebendo demais e a festa acabou cedo, chegando em casa estava muito bebada e quando fico assim fico cheia de tesão, e como estava acumulado a um tempo resolvi sair. Pronto descobri que tem uma coroa querendo me pegar e que já tinha pego minha mãe!!!""Julia já estava bem ruim, deitou numa poltrona e dormiu, estava bem tarde e fui levar suas amigas embora pra casa.

Eu fiquei ali atônito sem reação olhando pra ele e sentia que aquela tinha sido a experiência mais gostosa que vivi (não sabia que era tão gostoso brincar sem roupas…rs!) e já estava planejando a próxima com ele mas isso fica pro próximo conto, ok?""Olá Pessoal esse conto realmente aconteceu comigo, porém os nomes estão trocados para não prejudicar ninguém, tenho 29 ano meu colega de trabalhe e filho do dono da empresa se chama Felipe tem 28 anos, sempre achei ele gato, charmoso e muito gostoso, mas fiquei na minha pois ele é casado, no final de 2013 tivemos uma festa de confraternização entre funcionários e representantes importantes da empresa, esse dia todos estávamos nos divertindo, até que teve uma certa hora sem mais sem menos nem sei porque eu fiz aquilo, sendo que só havia bebido 1 taça de espanhola, dei um tapa na bunda do Felipe ele lógico ficou sem graça mas só estava nos 2 nessa hora então ninguém viu e ficou por isso mesmo, em janeiro de 2014 ele me chamou na sala dele e comentou sobre o tapa dando risada disse é senhorita Caroline vai ter volta o tapa que você me deu, lógico que me fiz de louca, dizendo que tapa, então ele até me perguntou se eu tava bêbada pra não lembrar eu ri disse para nem te bati direito, ri fiquei sem graça e pedi licença, passando uns dias Felipe começou a me olhava e dizia vou descontar, até que no dia 16 de janeiro de 2014 eu fui almoçar fora com minha amiga mas antes de eu sair Felipe me chamou na sala dele ele estava encostado na parede e me perguntou que horas eu ia retornar do almoço e que eu estava muito linda fiquei sem graça avisei que entre uma hora e meia estava de volta então ele espero eu me virar e me agarrou por traz porém ele não me deu um tapa sim apertou minha bunda e logo em seguida fazendo eu senti sua ereção, mas não rolou nada pois minha amiga havia chegado pra gente almoçar e no meu almoço pensei nele naquela pegada que ele me deu, quando voltei do almoço ele deu uma saída e pediu que eu ficasse até ele voltar, pois como eu era a secretária do pai dele e ele precisava resolver alguns detalhes de alguns clientes e o pai dele estava fora, ele que estava tomando conta da empresa, quando ele voltou pediu para que eu fosse na sala dele, detalhe todos já haviam ido embora apenas estava eu e ele, foi ai que ele me beijou que perdi o fôlego, mas ai ele parou pedindo desculpas pois era casado, mas que eu mexia com ele, sem jeito fui embora pois gostei do beijo dele e da pegada dele.

Tenho uma amiga do meu antigo trabalho e sempre nos falamos por Whatsapp, ela é magrinha peitos médios, bumbum impinadinho, sempre achei ela uma delicia.

Como eu passo o dia todo jogando vídeo game, assistindo filmes e séries e lendo livros, acabo tendo problemas nos estudos.

Afinal, é um antigo colega que encontrei por acaso, perdido na cidade!– É, mas esse colega andou transando muito com a esposa dele… ele sabe?– Clovis, essas coisas não se falam para um marido… são segredos que a gente guarda pro resto da vida!Entraram, sentaram, ela fez um café, tomaram e ficaram conversando e aí, lógico, as coisas do passado retornaram e sem que eles se dessem conta de como começou, lá estava ele mamando nos seios dela, que abaixara a camiseta e gemia, lembrando os bons tempos. Chamei o caseiro e mandei tirar os cães dali, pois logo chegaria visita, ele levo-os e os amarrou no galpão, para de noite leva-los pra outro lugar.