Sra. Novo Casal Gyn – Sexlog – Corno Filmando Sua Esposinha Na Vara

45 seg

Categoria:

Tag: , , , , , ,

visualizações

45 seg

Categoria:

Tag: , , , , , ,

Sra. Novo Casal Gyn – Sexlog – Corno Filmando Sua Esposinha Na Vara

Sra. Novo Casal Gyn – Sexlog – Corno Filmando Sua Esposinha Na Vara

No inicio, em nossas transas exibicionistas, sempre vinha um cara fazendo sinal e já pousando a mão em uma parte do corpo da minha mulher.

O dia amanheceu e eu estava sozinho por mais um dia, levantei tomei um banho demorado e coloquei a bermuda sem cueca já com mil desejos na cabeça, era 07 e meia da manhã o telefone toca e já era o pedreiro me perguntando se podia passar por lá logo cedo, eu disse que já o esperava com o café passado, ai ele me disse que estaria levando um ajudante junto e antes de eu falar que era pra ele vir sozinho o safado desligou. Esse foi o melhor fim de ano da minha vida, Espero que ela volte pra sermos um casal novamente eu Amo essa minha prima de Paixao….

-Fica deitado com as pernas abertas que eu vou me deitar entre elas pra…te chupar!!Gil arregalou os olhos de espanto, não acreditando no que estava sua pura esposinha lhe dizendo. Sempre que nos encontramos tem aqueles olhares, ele me provoca, mas nunca mais tivemos a oportunidade. Mexi, vagarosamente, minha mão dentro dela, e ela filmando minha chupada.

Por enquanto, ele iria apenas saber, mas um dia ele iria querer ver também. – Eu também acho que ele é bonito… mas eu sempre quis que alguém me dissesse isso. -Ele não vai bater, não vai bater por que É CORNO MANSO, POR QUE ELE É UM FROUXO.

Decidi que era minha vez de entrar em cena, me aproximei e enquanto eles se beijavam passei a beijar sua nuca e seu pescoço, pude sentir sua respiração ficando mais pesada e ofegante.

Na rede sempre rolam aquelas conversas mais picantes, tenho muitos amigos no sexlog, contatos no skype… Sempre tem um ou outro disposto a foder uma bunda grande e gostosa de cinta-liga, salto alto e espartilho, mas nunca dava certo – ou porque o bofe morava longe, ou então porque não me empolgava com o tipo do pretendente, ou porque eu não tinha coragem de levar a coisa mais a fundo.