Porno Amador Gostosa Loirinha Arrombando O Cú Negão Dotado No Rio De Janeiro

2 min

Categoria:

Tag:

visualizações

2 min

Categoria:

Tag:

Porno Amador Gostosa Loirinha Arrombando O Cú Negão Dotado No Rio De Janeiro

Porno Amador Gostosa Loirinha Arrombando O Cú Negão Dotado No Rio De Janeiro

Sua bucetinha estava latejando de tanto tesão até que vc falou: vou gozar negão chupa safado, eu falei: também vou safadinhaaaaaaa!!! e gozei loucamente com minha língua que lambia e entrava na sua bucetinha até que você: to gozandooooooooooo! estávamos como loucos e terminamos nossos gozos juntos e nos jogamos com corpos colados, curtindo o tão sonhado gozo nas chupadas. Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal.

Ele se virou me colocou deitada tirou meu vestido e por cima da minha Micro calcinha começou a me chupar q Chapada mais gostosa, lambia com vontade sugando meu clitóris, sugando meu mel nossa q delícia gozei gostoso na boca dele, ele veio me beijos e já meteu gostoso, nossa q pica maravilhosa escorregando toda dentro de mim comecei a gemer igual umaLouca, pedindo pra ele foder a putinha dele nossa o tesão dele almentava a cada gemido q eu dava ele socava com força a cada socada eram gemidos comecei a me masturbar junto q delícia ele socando puxando meu cabelo ela minha buceta encharcada, não demorei muito e fazei… Que homem era aquele em seguida gozou.

Algumas raras vezes dormimos juntos: Quando fomos a um casamento de um primo no Rio de janeiro. Padrão coloca uns filmes daqueles que o senhor tem no quarto pro Gabriel vê? Vamos lá então uai… chegando no quarto liguei a tv e coloquei um pornô hetero o pau do Gabriel subiu rapidinho e ficou meio que tampando com a mão. -Tá gostando de ver tua tia tomando a rola preta, loirinha? Gosta de ver teu macho comendo outra cadela? – Gabriel provocava enquanto via Isa quicando no tio.  Ele chupou meu cu como quem chupa uma buceta… enfiava a cara na fenda da minha bunda e esfregava… Eu o queria dentro de mim, estava explodindo em êxtase e não podia esperar mais… Queria aquele macho arrombando meu cuzinho virgem com seu cacetão:– Fode minha bunda a-go-ra. Afastei-o para o lado e enfiei minha rola naquela buceta melada, ela gritava desesperada, por mais que eu pedisse silêncio para não acordar as crianças, ela não conseguia se controlar, foi quando num puxão ela aproximou o cachorro de si e enfiou a rola dela na boca, cheguei a ficar com inveja, tamanho a volúpia com que ela chupava aquele cacete, o cachorro era pequeno, mas bem dotado, de repente, jatos de porra pingavam da cabeça inchada do cacete do cachorro, não resisti e esporrei dentro daquela buceta sedenta e maravilhosa.