Novinha Deliciosa Pedindo Para Gozar Dentro

Novinha Deliciosa Pedindo Para Gozar Dentro

Novinha Deliciosa Pedindo Para Gozar Dentro

Ao tocar a sua deliciosa buceta, pude perceber o quanto estava molhada.

E mandou o cara entrar eu fiquei atonino, pois ela me empurrou e eu sentei e ela veio por cima de frente e socou o boceta no meu pau e enfiou até as bolas e o cara que eu nem vi a cara e nem ela, a pedido dela enfiou o pau no cu dela, ou melhor, aquele mastro, olha para quem nunca tinha dado o cu e logo na primeira vez fez uma DP com um grosso como o meu e uma viga como a do cara… E a dita pedindo para rasgar ela ao meio… o cara gozou e saiu rapidinho eu fechei a porta e mais do que depressa sai dali o mais rápido que eu pude, levei ela para casa e ela no caminho foi calada bêbada que nem uma vaca.

Deitou-se de bruços, eu deitei por cima dela e fiquei passando meu pau entre as nádegas, até que ela não aguentou mais, virou-se e falou:– Enfia, enfia tudo!Papai e mamãe? Tudo bem, tudo é válido, até o tradicional! E foi assim que a comi até ela gozar. "Passado uma semana, vi a novinha chegando da faculdade ou sei lá o que ela faz da vida e puxei ela pelo braço pra dentro do meu apartamento pra saber que história de encochada era aquela. Fui para o quarto tirei minha roupa e voltei para a sala, o Davi ficou sem acreditar, fui vem devagar pra cima dele comecei a beija-lo e tirar sua camisa sentada no colo dele é sentindo um volume enorme na calça, e ele começou a mamar nos meus peitões e falando que sabia que eu era uma vadia e que era louco pra me foder, aí é que eu fiquei molhada, ele então mandou eu tirar a calça dele e assim fiz tirei a calça e quando tirei a cueca vi aquela picona preta linda e não pensei duas vezes e comecei a mamar, tentava colocar tudo dentro da boca e não conseguia rsrs, depois ele mandou eu me deitar no sofá e eu obedecendo meu macho assim fiz e ele começou a me chupar do pescoço e foi descendo até chegar na minha xota, AAAAIN fui ao delírio e aí ele falou vai vadia que agora vou te foder fica de 4 e eu sem saber como aguentaria aquela tora, com um pouco de medo eu fiquei então ele colocou o cabeção e começou a empurrar, eu nunca tinha sentido aquilo com o meu marido e o Davi começou a empurrar e eu a gemer, como tava bêbada nem ligava para os vizinhos e aquele negão gostoso me fodendo, não sei nem quantas vezes eu gozei e ele metendo, trocamos de posição algumas vezes até ele dizer que iria gosar e que seria na minha boca, eu fiquei de joelhos comecei a chupar e logo veio aquele jato de gala e eu engolindo, acabou que caiu um pouco fora, colocamos nossas roupas e voltamos pra festa, lá chegando meu marido veio perguntar pela demora então o beijei e falei: ESTAVA REALIZANDO SUA FANTASIA MEU CORNINHO e beijei em sua boca ainda com gosto de gala na boca.