Ninfeta Pagou Boquete Na Entrevista

visualizações

2 mins

Categoria:

Tag: , , , , , , , ,

Ninfeta Pagou Boquete Na Entrevista

Ninfeta Pagou Boquete Na Entrevista

Vendo o gozo do amigo, o negão se animou e passou a meter com mais violência, estocando com força.

Levou-o ao cartório, conseguiu um lugar bom para estacionar, foi com ele e aguardaram uns 15 minutos até os funcionários conferirem, carimbarem e assinarem tudo; ele pagou, guardou a papelada toda num envelope e voltaram para o carro. Chegamos ao sitio por volta de oito da noite, assim que chegamos ela foi tomar um banho e eu fiquei a conversa com o caseiro sobre as tarefas da semana. perdão é só que por um momento achei que a entrevista estava perdida. A garota era sapeca em relação ao assunto e quase tudo parecia ser ambíguo para ela, e devo confessar aqui que isso acabava reforçando meu imaginário, digo reforçando porque antes mesmo de ser safadinha sua aparência já colaborava para eu ter uma singela fantasia erótica com ela, pois Mia era uma verdadeira ninfeta bem magrinha e cheia de curvas, com seios pequenos e uma adiposa bundinha que me fazia pirar quando a rebolava.

O problema eram as roupas que a Flavinha usava, para sair tudo muito curto e apertadinho e para ficar em casa, principalmente a noite, pijaminhas finos e curtos, várias vezes notei que estava sem calcinhas e sem sutiã,meu pau sempre duro tinha que ficar disfarçado com uma almofada ou um jornal. O peru não estava ficando muito rijo, então pararam e ela voltou a fazer um belo boquete nele, até que o viu “aprumado”, então ele voltou a ficar por cima dela e conseguiu dar umas boas bombadas. Ela se deitava de bruços, as pernas arreganhadas e abria a bunda com as mãos, ao mesmo tempo que esfregava a xota na cama, toda encharcada.

Encontrei numa loja do gênero um pacote de bombons ao rum.

Ganhou também um abraço. Tive de parar de consumir álcool por causa do bebê,e até que está me fazendo bem.

"À puxei pelo cabelo até mim, e comecei a beija-la loucamente.