Minha Esposa Brincando Com A Rola Do Negao

Minha Esposa Brincando Com A Rola Do Negao

Minha Esposa Brincando Com A Rola Do Negao

uma vez que ela quem colocou a camisinha nele,como se ela estivesse dando o aval final pra toda aquela putaria ele estava quase gozando no oral, ele me levantou com tudo do chão, novamente me colocou sobre a mesa,dessa vez de bruços arrancou meu vestido,tirou minha calcinha,fiquei somente com os saltos, segurou meus cabelos, me deu uns bons tapas na xana, na bunda, e mandava eu empinar a bunda, mais e mais, levei muito tapa, como se fosse uma menina levada sendo punida por estar querendo tanto o pau dele dentro de mim, e como se ele estivesse lendo meus pensamentos ele socou toda aquela vara de uma só vez, sem charminho ou enrolações, minha xota estava pingando não foi tão difícil assim,ele foi um animal,me comeu, meteu gostoso , me puxava pelo cabelo na intenção de colocar cada vez mais fundo,me pegava pela cintura, aquele som característico, mas tão gostoso, arrepios percorrendo pelo meu corpo, não escutava mais a voz da Clara,estava escutando o encontro dos nossos corpos e sentindo o formigamento na base da minha coluna que antecede a um bom orgasmo,sem vergonha alguma incentivei entredentes:Fode,Fode,Fode sua vagabunda…Me deixa toda arrebentada,não para de me comer e mostra para a corna da tua esposa como que uma puta tem que dar!Ouvi os gemidos guturais do Carlos,e as ultimas bombadas que acompanharam com sincronia a minha explosão gozei muito gostoso,ele se jogou sobre mim e ficamos alguns segundos nessa posição, a Clara se aproximou, e deixou um beijo no meu ouvido. Su estendeu uma toalha na areia e olhava ao redor com o biquini na mão, ela me perguntou onde poderia se trocar e eu disse que ali mesmo, pois não havia ninguém, ela olhou para o barco e viu que daria para o Silvio ver tranquilamente então o apontou para mim, eu falei que se era por causa dele, só hoje ele já tinha visto as tetas dela um monte de vezes, ela riu sem jeito olhando para a camisa ainda molhada e disse que as tetas não eram problema e que ela tinha que vestir a calcinha também, mas já foi se virando de costas para ele e ficando de lado para mim tirou a camisa não permitindo que ele visse e enquanto ela vestia o sutien eu apimentei a conversa em tom de brincadeira perguntando se não seria problema para ela mostrar as tetas, ela brincando disse que não e que assim que agente saísse ela iria fazer topless, eu disse que duvidava e que ela não tinha coragem Com o sutien somente em volta da barriga abaixo das tetas ela se virou de frente para mim, permitindo que o Silvio também visse as tetas dela de lado e me pediu para amarrar, olhei para o barco e vi que Silvio não perdia um movimento nosso estando no máximo á uns 10 metros de distância, fiz sinal para ele esperar mais um pouquinho e fui até ela e em tom de brincadeira reclamei que se ela iria fazer topless, por que eu tinha que amarrar aquilo e perder tempo mas como era tudo brincadeira amarrei, ela se enrolou numa toalha, tirou o short que vestia e vestiu a calcinha, me acompanhou até o barco.

Não ligo para porte físico e dote apesar de gostar de maiores isso não é uma regra, o que mais prezamos é pela nossa discrição, então se for um homem discreto, romântico e safado já tem boas chances…Chegamos na garagem do prédio, vc estacionou e falou: muito bom o carro, adorei, aí calei sua boca com um belo beijo daqueles selvagens e vc me beijando loucamente em uma troca de línguas e eu passava a mão e fui levantando sua blusa tentando tirar e vc segurou e falou: deixa chegar no ap, falei: gostosa estamos transbordando de tesão, como vc ficava nos seus sarros com os carinhas dentro dos carros, não é? Vc: Haram!!! Eu não parava de te lizar e vc passava sua mão no meu pau por cima da calça e procurando abrir e conseguiu e segurou meu pau e escamou, ufaaa!!! Que grosso!! ficou me punhetano e eu Mamando seu peitos e minha mão passando na sua gostosa, vc já não tinha mais controle de tamanho tesão, eu beijando seu pescoço e falei no seu ouvido, vamos desafiar o perig o gostosa com nossa explosão do tesao e fui tirando sua blusa e vc falou: pode tirar, vamos sim neg ão safado, porque esta sensação do perigo com este negão safado me seduz. Fiquei olhando pra ele, pois nao tinharolado nada disso, com as minhas perguntas não precisava ser muito ligado pra notar que fui ate ali só para uma simples visita, e facilitei para que me beijasse.