Flagra Esposa Safada Comendo Esposa Vagabunda Colega Da Escola Bem Da Vila Embratel – Sp

40 seg

Categoria:

Tag: ,

visualizações

40 seg

Categoria:

Tag: ,

Flagra Esposa Safada Comendo Esposa Vagabunda Colega Da Escola Bem Da Vila Embratel – Sp

Flagra Esposa Safada Comendo Esposa Vagabunda Colega Da Escola Bem Da Vila Embratel – Sp

Eu estava na sala com o irmão dela e quatro amigos dele vendo eles jogar vídeo game.

Depois disso eu o caseiro fomos arrumar um canteiro que as aves haviam revirado todo, enquanto estava-mos ali fazendo o trabalho, chegou até a nós uma ovelha, e ficou cheirando a gente e se encostando em nós, meu sogro chegou perto e disse: eeeh alguem anda comendo essa ovelha, pra ela ficar se esfregando assim, só pode ser, e eu falei eu tambem acho, apontando pro caseiro, e caimos todos na gargalhadaTerminamos o canteiro e ficamos só eu e o caseiro ali sentados na grama conversando, e a ovelha continuava a nos rodear, eu disse a ele, passe a mão na bunda dela, pra ver a reação, se ela ficar parada é porque está no cio, não deu outra, ela chegava a abanar o rabinho de contente e não saia dali.

Além daquela que vi antes de vocês embarcarem pelados na canoa, quantas mais?Envergonhada, vermelha, pega no flagra, ela abaixou os olhos e confessou que tinham sido mais duas. NA VOLTA, PEDIU DESCULPAS, MAS COMO A ESPOSA ESTAVA GRÁVIDA TINHA SE RECOLHIDO PARA DESCANSAR.

me xingava, se xingava de vagabunda, apertava minha cabeça com as coxas e gemia : ”- Ai, chupa, chupa minha boceta, tesão , chupa… quero gozar… ”… até que, finalmente, caiu de boca no que tanto ansiava. Meu namorado a essa altura já havia gozado na minha boca e fiquei beijando Paula para ela sentir o gostinho também.

"Ola me chamo Diogo,Hj vou contar mais uma historia que aconteceu com minha esposa “Bruna”.

Isabela, que na escola era uma menina falante e desinibida, agora respondia com frases curtas e falava pouco. Mas assim, ao vivo, à minha frente, apenas uma vez, quando eu e minhas colegas do colégio havíamos espionado os meninos após a aula de ginástica. Se recompondo, começou a rebolar e depois a cavalgar, me olhando com cara de safada que estava adorando dominar. Acelerei ainda mais e vi a careta nativa do gozo supremo. Nem sei quanto tempo eu fiquei ali.