Coroa Bem Safada Dando Pro Amigo Do Filho

70 seg

Categoria:

Tag: ,

visualizações

70 seg

Categoria:

Tag: ,

Coroa Bem Safada Dando Pro Amigo Do Filho

Coroa Bem Safada Dando Pro Amigo Do Filho

Os dois ficam se beijando e atracando sem nenhuma preocupação com o tempo ou com a minha presença.

rnMeu sogro sabia como dar prazer a uma mulher e então ele me pegou pelos cabelos e disse tarado:rn-agora…é sua vez de fazer teu macho gozar gostoso putinha…chupa minha pica…quero encher essa boquinha gostosa de porra…chupa putinha safada…rnEle meteu aquele pauzão enorme e grosso entre meus lábios, e me segurando pelos cabelos começou a fuder minha boca sem dá…de vez em quando até me engasgava mas nem me importava e tentava dar o máximo de prazer ao meu sogro safado e logo ele gemeu alto e começou a gozar que nem louco sussurrando:rn-ahh…que boca gostosa…tem minha putinha…to gozando…hummm….

“Nem vamos trocar de roupa, né?” e ela “não, vamos assim”.

Quanto é que ele tem de grossura?Pegando uma fita métrica no criado mudo, ele falou:– Mede você mesmo. Não havia lugar melhor para isso!Danilo a recebeu muito bem, afinal, éramos amigos de longa data.

Eu a procura, e ela sempre era prestativa por isso meu interesse por ela aumentava a cada dia. Esperamos umas 2 horas para a ambulância do SAMU chegar. Desliguei o telefone envergonhando, pensando que minha resposta estava dando a maior pinta de como eu estava ansioso por reencontrá-lo.

"Talyta adora se exibir pra mim, ela sempre está tentando de alguma forma me chamar a atenção. rn-é…meu filho disse que tinha arrumado uma namorada muito bonita…estou vendo que realmente ele não mentiu…Leila vc é realmente muito linda…e também uma moça batalhadora que trabalha e estuda. Gil, um playboy famoso, se aproximou de mim como um príncipe encantado e com toda pressão da mídia acabamos casando depois que eu transferi a coroa.

De repente a vida ficou complicada pra mim, pois perdi o emprego e comecei a ficar muito em casa, saia logo cedo para correr, andar de bicicleta para ocupar um pouco a cabeça até que aparecesse uma oportunidade de trabalho.