Comendo Uma Novinha Virgem

Comendo Uma Novinha Virgem

Comendo Uma Novinha Virgem

Na noite do aniversário, Marcos a presentou com uma pulseira de prata muito bonita e muito cara, por sinal. O primeiro jato acabou caindo no meu rosto, então ele puxou minha cabeça mais pra cima com a outra mão, e os demais jatos foram direto na boca, como ele goza farto, acabei deixando escorrer porra pra fora, escorrendo pelo meu queixo até cair no chão. Sabiam fazer as coisas, ela observou. -Você nem viu, como pode saber? – respondi-Deixa eu ver vai Dani, aproveita que eles estão ocupados e me mostra seu pau! – pediu elaMe posicionei de pé em sua frente, quase encostando meu pau (ainda por dentro do short) em seu rosto e disse:-Eu percebi você me olhando ontem com essa mesma cara de safada Sara, mata sua vontade, mas tem tem que ser rapido, pois a qualquer momento vão sentir sua falta la embaixo.

A Zizi logo pediu para penetrá-la por trás, pois ainda era virgem no cuzinho, eu e a Ericka chupamos demoradamente sua boceta e cuzinho e após gritos e sussurros de êxtase, enfiei minha tora naquele anel apertado e delicioso… gozamos os três feito loucos… passamos o resto da tarde e inicio da noite trepando e trocando carinho, afeto, fantasias… estamos juntos até hoje, para nós é tudo muito novo, não paramos para pensar no que aconteceu e acontece, apenas colocamos para fora tudo que sentimos e desejamos… essa foi a nossa primeira aventura, assim que puder, contarei outras…para o quarto da empregada de novo, eles me jogaram na cama com extermatambém. "Passado uma semana, vi a novinha chegando da faculdade ou sei lá o que ela faz da vida e puxei ela pelo braço pra dentro do meu apartamento pra saber que história de encochada era aquela. Ficamos conversando e o taxista não tirava os olhos de mim…estava me comendo de roupa e tudo! Meu marido notando que o taxista estava me comendo com os olhos pediu mais dois vinhos pra nós e um refrigerante pra ele e disfarçou indo ao banheiro.