Comendo A Safada Depois Da Festa

3 min

Categoria:

Tag:

visualizações

3 min

Categoria:

Tag:

Comendo A Safada Depois Da Festa

Comendo A Safada Depois Da Festa

Foi aí que eles convidaram meu marido para participar.

Ela continuou sua brincadeira e então dei outro toque na porta, apenas um toque, ela se levantou e pôs sua buceta a uns 5 centimetros da porta na direção do buraco da fechadura como que sabendo que eu estava alí a espiá-la.

Eu era louco de tesão por ela! Vivia batendo punheta pensando que estava comendo aquela buceta maravilhosa que eu imaginava que ela tinha. Quando gozamos juntas, uma chupando a buceta da outra, eu fiquei de 4 e pedi pra ela me fazer gozar mais uma vez, ela tratou de realizar o meu desejo, ela fazia algo tão gostoso, falei que ia gozar mais uma vez e ela falou pra mim gozar que ela chupar a minha buceta, ela queria sentir o meu gozo, então gozei, sentei em um canto com as pernas tremendo, e a safada da Camila ficou de 4 e pediu pro cara comer ela. Nisso ela soltou e eu continuei tocando ,ela tirou a blusa deixando bem na minha frente aqueles belos peitos,depois virou de costa e foi abaixando o short e rebolando bem devagar. Sob ela a Patrícia já havia esquecido as inibições, e rebolava e arqueava a cintura de encontro ao rosto da amiga, rapidamente encontrando um sincronismo.

deitei no chão e fizemos um 69 naquele chão frio. Era uma oportunidade que eu não poderia perder. E ela continuava pedindo: – mais forte, vai! Me fode com força!– tu queria dar pra mim desde o início, né, safada? – Repliquei ofegante.

Geralmente em sua bunda que, apesar de já ter 32 anos é pequena e durinha. Com as férias da faculdade se aproximando (faço medicina e pretendo me especializar em endocrinologia) tudo fica mais fácil para ir a festas e fazer churrascos sem precisar me preocupar com provas, trabalhos e clínicas.

ela disse; se você não gostar me fala viu. Depois disso foram várias vezes a gente se encontrou, ele batia uma pra mim e minha desculpa era sempre de assistir filme.