Caiu Na Net Video Amador Professora Cavala Batendo Uma Siririca Para Seu Comedor De Jacarepaguá – Rj

4 min

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

4 min

Categoria:

Tag: , , ,

Caiu Na Net Video Amador Professora Cavala Batendo Uma Siririca Para Seu Comedor De Jacarepaguá – Rj

Caiu Na Net Video Amador Professora Cavala Batendo Uma Siririca Para Seu Comedor De Jacarepaguá – Rj

Na cama ele só faz sexo na posição de papai e mamãe e quando eu começava a me esquentar, ele já tinha gozado e sempre me deixava na mão, quando eu pedia pra chupar o seu pau, ele ficava bravo e não deixava, mesmo quando eu oferecia o meu cuzinho pra ele comer, ele brigava comigo e falava, que isso era coisa de puta, que mulher direita não fazia isso, eu morria de vontade de dar uma boa gozada e era obrigada a me masturbar sozinha o tempo foi passando e a cada dia que passava, eu ficava mais carente e angustiada, as siriricas que eu batia, já não estavam mais fazendo efeito.

Fique sabendo que tinha dois funcionários na empresa que eram os comedores de quase todas. Hoje, aos meus 23, ainda imagino e sonho com Marcelo, me tendo de joelhos…"eu-o que não entendi"Sexta feira a noite, meu amigo Vitor me chamou para dormir na sua casa, coisa de moleque, já não fazíamos isso a anos, tomar umas cervejas e jogar vídeo game. Minutos depois ela volta com a escada, posiciona em frente a partilheira e pede me para segurar a escada, ela então começa a subir, e aquela bunda enorme bem na minha cara, percebi que a cavala estava sem calcinha, então ela pegou o pacote de ração e desceu da escada, a hora que colocou os pés no chão teve que tirar a calca pois estava toda enfiada em seu cuzão enorme.

65,branca, com seios fartos…Eu estou no último ano do ensino médio,e tenho uma professora linda de Química,negra com traços indígenas, cabelos lisos até os ombros, olhos castanhos, boca carnuda, gordinha porém maravilhosa. Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal.

Mas não conseguia ficar tranquila, então resolvi ligar na empresa e disfarcei e perguntei se o Marcelo, pai do meu namorado estava la, a secretaria disse que tinha saído a pouco tempo e que voltaria somente no próximo dia, então falei que era uma cliente e que depois voltaria a ligar, meu tesão foi millllll, juntou consciência pesada excitação ao mesmo tempo, estava deitada de costas pra janela então peguei meu celular e pelo vidro comecei a observar se via algum movimento no rumo da janela, pra minha surpresa, a janela estava um pouco mais aberta e pude ver que tinha um movimento, com certeza era meu sogro, com medo e tesão resolvi ficar ali tomando sol e com certeza meu sogro estava apreciando meu bumbum quase nu, e ele estava a uns 4 metros de mim, pois a janela não ficava distante de onde estava tomando sol, então tive a ideia de dar um zumm e firmar disfarçadamente no rumo da janela, coloquei meu celular do meu lado e deixei filmando por mais ou menos 4 minutos, ao conferir as imagens pude ter a certeza, era meu sogro, estava com camisa branca como tinha visto quando fui pegar a chave, e para minha surpresa na filmagem do celular dava pra ver que ele estava se masturbando pelo movimento do braço, minha bucetinha molhou na hora, tesão a flor da pele, sabia que estava somente nos dois, a vergonha tinha acabado e a vontade de ser possuída era enorme, resolvi tomar uma ducha e com óculos escuro, fiquei olhando disfarçadamente ele me olhando pela fresta da veneziana, quando entrei debaixo da ducha comecei a passar a mão pelo meu corpo, fiquei de costa pra ele e com meu biquíni totalmente enfiado, pois era somente um fio atrás inclinei o corpo como se fosse lavar meus pés e abri sutilmente as pernas pra ele apreciar bem, senti o fio do biquíni entrar no meu cuzinho e na minha bucetinha, quando caminhei em direção ao local que estava deitada, percebi que o biquíni tinha deixado os lábios da minha bucetinha de fora, e os bicos do meus seios estavam quase furando o fino e estreito tecido da parte de cima do biquíniEntão deitei virada pra cima e abri as pernas pra ele olhar a norinha cheia de tesão, olhei pra minha bucetinha toda depiladinha exposta pro meu sogro, estava louca de tesão, de óculos escuro fiquei so olhando meu sogro movimentando dentro do quarto, com certeza ele estava massageando o enorme cacete, que segundo seu filho falou que ele possuía, de repente meu namorado liga, eu atendo e ele pergunta como estava tomando sol, falei que estava pegando fogo de tanto tesão que o biquíni tinha me deixado muito tesuda que estava louca pra ele voltar para transarmos, meu namorado enlouqueceu do outro lado da linha, ai tirei uma foto do meu corpo com o biquíni deixando toda minha xaninha de fora, quando ele recebeu a foto ele disse nossaaaaaaa, que tesão, ai ele falou cuidado que meu pai chega as 18:00h e se ele te ver aí desse jeito vai pegar mal, então eu disse vai pegar mal mesmo pois estou 99% nua esses biquínis são uma loucura, e pior que adorei usar, ele sorriu e disse, mas cuidado com meu pai, então eu perguntei se ele me visse assim será que ele ia gostar, meu namorado respondeu se ta louca pela foto levanta um cacete até de um velhinho de 100 anos, aí eu brinquei será que levanta mesmo, e se o velhinho for pintudo igual seu pai, aí ele sorriu e disse , qualquer pau, ai ele emendou meu pai há dois meses tava pegando uma moça aí em casa e fudeu ela tanto tempo que fiquei ate com inveja, a moça gemia e gritava tanto que acabei batendo uma, aí chamei ele de safado, e terminamos a conversa, minha xaninha toda olhadinha de tesão e meu sogro so me filmando pelo quarto, então resolvi provocar pulei na piscina dei uns mergulhos deixando meu bumbum pra fora da água e quando sai fiquei de quatro com a bunda bem empinada em direção ao meu sogro, fiquei nessa posição uns 30 segundo e comecei a passar bronzeador pelo corpo, de repente ouvi uns gemidos fortes e abafados vindo do quarto, era meu sogro gozando gostoso, então não aguentei de tesão e fui para o banheiro e bati uma,e tive um orgasmo intenso, imaginando meu sogro gostoso pintudo me fudendo, depois voltei recolhi minhas coisas e fui embora.