Alessandra Fadyla Empregada Dando Buceta Pro Patrão Foder

Alessandra Fadyla Empregada Dando Buceta Pro Patrão Foder

Alessandra Fadyla Empregada Dando Buceta Pro Patrão Foder

por td, ela me atirou na cama e sentou no meu rosto, aquela buceta deliciosa, explorei ela td, ela arrancou minha roupa restante e fiz o msm com ela, e ent fizemos um 69 delicioso, em seguida ela tirou de sua bolsa um consolo gigante, e enfiou na minha xaninha ja ensopada! Gozei no segundo q oconsolo tocou minha buceta, ficamos nss ate a madrugada, e as vezes ainda repetimos, msm ela namorando agr.

É um prazer recebê-la em nossa casa…faz tempo que não vem mulheres aqui…a não ser as empregadas. Como eu disse, estávamos com uns amigos: a Alessandra e o namorado Téo, mais alguns colegas de trabalho do Beto. A certa altura foi na cozinha levar umas travessa vazia e dois dos gringos também já com a euforia do álcool foram logo atrás dela agarrando-a pela cintura e encostando nela dando uns amassos. O marido dela sabia o que se passava naquele “serão” e não se incomodava, até gostava de saber os detalhes, que ela contava tintim por tintim, pois sabia que ele ficaria excitado e os prazeres iniciados pelo patrão teriam sequência pelo marido.

Claudia ficou sentada ao lado com uma mão no rosto de Marcelinha, fazendo carinho e a outra em sua buceta, eu comecei a socar sem dó com uma mão segurando a bunda de Marcelinha e a outra puxando sua calcinha , cada vez que eu dava uma diminuída no ritmo Marcelinha jogava seu rabo para trás e dizia arrebenta a minha calcinha, eu ficava loko, fazendo uma força do caralho para arrebentar a calcinha dela, até que eu consegui deixando uma marca bem profunda naquele corpo branquinho, criado no leite, assim que arrebentou, ela pediu para Claudia dar em sua mão, no momento que ela pegou das mãos de Claudia e pôs na boca e começou a urrar, e Claudia dizia para eu foder sem dó, comer a vadia dela, ai não aguentei mais, gozei dentro dela, encharquei o rabinho dela de porra, não foram tantos jatos de porra, mas deu para ela, depois que tirei meu pau, forçar e sair porra do seu cuzinho.